top of page

Salvador entra oficialmente em estado de epidemia de dengue; veja números


A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Salvador confirmou, em nota ao BNews, que a cidade entrou oficialmente na lista das cidades baianas em estado de epidemia de dengue.


De acordo com o comunicado, isso ocorreu após quatro semanas consecutivas de aumento de casos prováveis da doença, atingindo um coeficiente de 100 registros a cada 100 mil habitantes na Semana Epidemiológica 10 (entre 03 e 09 de março). No entanto, apesar dessa situação preocupante, houve uma diminuição de 20,5% nos casos confirmados em comparação ao ano anterior.


Até a 10ª semana de 2024, foram confirmados 674 casos, enquanto no mesmo período do ano passado foram registrados 843. O Levantamento Rápido de Índice para o Aedes aegypti (LIRAa) de Salvador apontou um índice de 1,8 em janeiro deste ano, indicando uma infestação em quase dois de cada 100 imóveis vistoriados. Embora esse número represente um cenário de alerta, houve uma melhora em relação ao mesmo período do ano passado, quando o índice era de 2,4.


Porém, a análise por Distrito Sanitário revela preocupação, com o Subúrbio Ferroviário registrando um índice de infestação de 2,5, Cajazeiras com 1,3 e o Centro Histórico com 2,0. A prefeitura está realizando mutirões de limpeza para combater a proliferação do mosquito nessas áreas.


A SMS informa ainda que tem intensificado seus esforços na "Mobilização Salvador Contra a Dengue", com mais de 1,3 mil agentes de endemias atuando nos 12 Distritos Sanitários da cidade. Suas atividades incluem identificação, tratamento e/ou eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti, além de campanhas de conscientização sobre a importância da participação ativa da população.


Informações / BNews

Comments


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page