top of page

OMS confirma surto de uma das doenças mais letais do mundo, causada pelo vírus de Marburg


A Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou o primeiro surto do vírus de Marburg na Guiné Equatorial, país da África Central. Da mesma família do Ebola, o vírus obrigou a região a declarar estado de alerta sanitário - a taxa média de mortalidade é de 50%, podendo chegar a 88% dependendo da sua variante. Desde a última segunda-feira (13), nove mortes foram confirmadas e 16 casos são investigados como suspeitos.


A doença de Marburg causa, principalmente, febre hemorrágica. O quadro começa abruptamente, com febre alta, dor de cabeça e mal-estar intensos. Muitos pacientes apresentaram piora extrema de seu quadro em apenas sete dias.


“Marburg é altamente infeccioso. Graças à ação rápida e decisiva das autoridades da Guiné Equatorial na confirmação da doença, a resposta de emergência pode atingir todo o vapor rapidamente para salvarmos vidas e determos o vírus o mais rápido possível”, informou Matshidiso Moeti, diretor regional da OMS na África.


A doença, detectada pela primeira vez em 1967, é transmitida aos humanos por morcegos frutívoros e se espalha por meio do contato direto com os fluidos corporais de pessoas, superfícies e materiais infectados. Desde sua descoberta, já houve episódios de surtos em Marburg - cidade que dá nome ao vírus - e Frankfurt, na Alemanha, e em Belgrado, na Sérvia.


Informações / Metro 1

Foto: Divulgação

Comments


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page