top of page

O eclipse solar anular, que acontece no sábado (14), poderá ser visto de todo o Brasil


O próximo sábado (14) será marcado por um eclipse solar anular. Diferente da sua última ocorrência, em junho de 2021, o fenômeno cósmico será visível no Brasil. Alguns estados, principalmente os do Nordeste, terão maior parte da cobertura do sol visível. O fenômeno só será observado novamente em 2067, conforme o membro da Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros, Lauriston Trindade.


Na Bahia, será possível visualizar o eclipse. Em Salvador, o fenômeno deve começar 15h33 e terá seu máximo 16h48. O pôr do sol deve ocorrer 17h31. De acordo com a Agência Tatu, esse será o eclipse com melhor visibilidade do Nordeste pelas próximas décadas. Opróximo fenômeno similar só ocorrerá em 2 de outubro de 2024.


Notícias: Alô Alô Bahia no seu WhatsApp! Inscreva-se


O eclipse solar anular ocorre quando a Lua passa entre a Terra e o Sol, mas não cobre completamente o disco solar. Em vez disso, se forma um anel de fogo ao redor da Lua, deixando apenas uma pequena parte do Sol visível. Esse fenômeno é resultado da órbita elíptica da Lua, ou seja, o movimento levemente oval, que faz com que ela esteja mais distante da Terra em alguns pontos de sua trajetória.


No Brasil, o fenômeno será visível durante a tarde, com as capitais Natal, no Rio Grande do Norte, e João Pessoa, na Paraíba, sendo as únicas cidades no caminho da anularidade, enquanto as demais cidades terão vista parcial do eclipse com cobertura do sol indo de 71% em Salvador a 87% em Teresina. Outras regiões terão uma visão parcial do eclipse e uma cobertura menor da lua pelo sol.


Dicas para ver o eclipse com segurança

  • Use óculos de proteção solar: Certifique-se de usar óculos de proteção solar certificados pela ISO para observar o eclipse. Nosso olho só estará protegido com o uso de um óculos apropriado para eclipse solar que dispõe de um filtro especial ou com um vidro de máscara de soldador nº 14, este último, disponível em lojas de material de construção. Esses óculos bloqueiam a maioria da luz solar prejudicial. Óculos de sol comuns não oferecem proteção adequada. Não os utilize para observar o Sol durante um eclipse.

  • Filtros solares para equipamentos ópticos: Se você planeja usar telescópios ou binóculos, certifique-se de usar um filtro solar adequado para reduzir a intensidade da luz solar.

  • Evite fotografias sem proteção: Fotografar o eclipse solar sem proteção adequada pode danificar a câmera. Use filtros solares nas lentes da câmera ou siga as orientações do fabricante para fotografar com segurança.

  • Evite observações prolongadas: Faça pausas regulares para descansar seus olhos durante a observação.

  • Esteja ciente do horário e local: Saiba quando e onde o eclipse será visível em sua região. Planeje sua observação com antecedência.

Assista ao vivo pela internet


O Observatório Nacional, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), em parceria com a organização internacional Time and Date, transmitirá ao vivo todo o eclipse solar anular. A live poderá ser vista neste link, a partir das 11h30, no horário de Brasília.


Informações / Alô Alô Bahia

Foto: Reprodução


Comments


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page