top of page

Netflix reduz preço de assinatura em até metade em diversos países para impulsionar assinaturas


O The Wall Street Journal descobriu que a Netflix reduziu o preço de vários de seus planos de assinatura em mais de 30 países ao redor do mundo. Embora os valores alterados variem de mercado para mercado, em alguns lugares a diminuição chegou em até metade do preço do que era até então cobrado. A plataforma de streaming Netflix reduziu o preço nas últimas semanas, enquanto tenta conquistar mais clientes, de acordo com uma reportagem do Wall Street Journal. A empresa informou que no Brasil não haverá mudanças.


Segundo o WSJ, a mudança, que vem sendo colocada em prática nas últimas semanas, visa atrair e fidelizar clientes que têm cada vez mais opções de serviços de streaming para contratar.

Embora nem todos os países afetados tenham sido divulgados, sabe-se que os EUA e o Canadá ficaram de fora da seleção, enquanto mercados como o da Jordânia, Líbia, Irã, Quênia, Nicarágua, Equador e Venezuela foram diretamente envolvidos.


Além deles, segundo o Cord Cutters News, também fazem parte da lista Bósnia, Herzegovina, Croácia, Eslovênia, Bulgária, Sérvia, Albânia, Macedônia do Norte e Eslováquia. Lugares da Península Balcânica cujo plano básico da plataforma passou de € 7,99 para € 4,99, o plano padrão pulou de € 9,99 para € 7,99 e o plano premium foi de € 11,99 para € 9,99.


Diferente deles, o Brasil não foi e nem será afetado pela mudança – como confirmou a assessoria de imprensa da Netflix ao Tecnoblog.


Informações / Tecnoblog

Foto: Reprodução



Commenti


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page