top of page

Maracás: moradores de Pé de Serra denunciam Seinfra por colocar vida de servidores em risco; entenda


Na manhã da última terça-feira, por volta das 12h, nossa redação recebeu imagens de servidores da Prefeitura Municipal de Maracás, lotados na Secretaria de Infraestrutura, operando serviço de alta voltagem, sem nenhum equipamento de segurança como é exigido por lei.


Juntamente com as imagens, moradores enviaram questionamentos. - ''PODE ISSO?'' ''E SE ACONTESSE O PIOR, DE QUEM SERTIA A RESPONSABILIDADE?'' ''ESTES SERVIDORES NÃO DEVERIAM ESTAR COM EPI'S, EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA, TIPO LUVAS, CAPACETES E CARRO ADEQUADO. ESSES SERVIDORES ESTÃO CAPACITADOS PARA ESTA FUNÇÃO?''


Nossa redação tomou conhecimento que a Secretaria atendeu o pedido de um morador, que havia solicitado a troca de lâmpadas de alguns postes daquela localidade. Moradores ficaram agradecidos pelo empenho e pela rapidez no atendimento do pedido, porém, ficaram chocados com a exposição ao que os trabalhadores foram submetidos.


Nossa redação também recebeu um pedido específico para que fosse encaminhado esta denúncia para órgãos competentes como Ministério Público, Ministério do Trabalho e Ministério da Justiça e assim foi feito na data de hoje pela editora chefe.


Como sempre foi e sempre será, este canal oferece espaço para que as partes envolvidas possam se manifestar caso julguem necessário.








EPIs para Eletricista

Sabemos que o Equipamento de Proteção Individual é essencial para algumas profissões. No caso do eletricista, o trabalhador deve ficar atento em algumas especificações para proteger-se contra o risco elétrico. Principalmente na hora de identificar o EPI correto e assegurar a funcionalidade do produto para a exposição dos riscos ambientais encontrados no ambiente de trabalho.

Os principais EPIs para eletricista são:

  • Capacete de segurança classe B: Indicado para o uso com risco de choque elétrico.

  • Botina de segurança: Cuidado ao escolher este EPI. Certifique-se que não tenha nenhum material metálico. Para estar 100% seguro é preciso um equipamento dielétrico, capaz de isolar a eletricidade.

  • Luva de Segurança: É um EPI essencial para o trabalhador. As luvas de proteção garantem a segurança na manutenção de instalações e serviços com eletricidade em geral. É ideal a utilização de duas luvas: A luva isolante de borracha e a luva de couro que é sobreposta para proteger a integridade da luva isolante. Veja alguns exemplos:

  • Luva Isolante de Borracha: proteção de mãos e braços Luva Couro de Proteção para Luva Isolante Luva de proteção tipo condutiva: É mais justa e protege apenas mãos e punhos. Luva de vaqueta: luva de segurança mecânica para luvas do tipo condutiva

  • Manga Isolante de Borracha: protege os braços e proporcionam mais segurança para exercer determinadas atividades onde o risco pode ser maior.

  • Cinto de Segurança: Às vezes também é preciso realizar o trabalho em altura! O cinto de segurança para eletricista é específico para proteger o trabalhador do risco de choque elétrico.

  • Protetor Facial Contra Arco Elétrico

  • Vestimentas Especiais: Camisas e calças especiais contra agentes térmicos provenientes do arco elétrico.

Identificar o EPI adequado para cada risco é fundamental para garantir a segurança do trabalho. Por isso, fique atento as especificações de cada equipamento e aos riscos ambientais na hora de exercer a atividade profissional.



Comentários


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page