Mais de 1,5 bilhão de toneladas de máscaras acabaram no mar em 2020


Estima-se que mais de 1,5 bilhão de máscaras, usadas para combater a pandemia do coronavírus, entraram nos oceanos em 2020, resultando entre 4.680 e 6.240 toneladas métricas adicionais de poluição marinha por materiais plásticos.


Ainda segundo o relatório publicado pela entidade ambientalista OceansAsia, as máscaras podem levar até 450 anos para se decompor, transformando-se gradualmente em microplásticos, ao mesmo tempo em que têm um impacto negativo na vida selvagem e nos ecossistemas marinhos.


O documento usou uma estimativa de produção global de 52 bilhões de máscaras feitas em 2020, uma taxa de perda conservadora de 3% e o peso médio de três a quatro gramas para uma máscara facial descartável.


Informações / Metro 1

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago