top of page

'Leão', de Marília Mendonça, foi a música mais ouvida no streaming brasileiro em 2023, diz relatório da Pro-Música


A Pro-Música, entidade que representa as principais gravadoras e produtoras fonográficas do país, divulgou nesta quinta-feira (21), o seu relatório anual sobre o mercado fonográfico brasileiro. Foi registrado, ao longo de 2023, um faturamento de R$ 2,864 bilhões: 13,4% maior em relação ao do ano anterior. Com o resultado, acima da média mundial pelo 7º ano consecutivo, o Brasil mantém sua posição no 9º lugar no ranking do IFPI (Federação Internacional da Indústria Fonográfica).


Nos números de 2023, o streaming respondeu por um total de 87,1% do total das receitas do setor, um aumento de 14,6% em relação a 2022, totalizando R$ 2,5 bilhões. O streaming por assinatura em plataformas como Spotify, YouTube Music, Deezer, Apple Music e outros, registrou crescimento de 21,9%: atingindo R$ 1,6 bilhão. Já o streaming remunerado por publicidade teve crescimento de 7,3% com vídeos musicais e leve queda de 1% no segmento de áudio.


Informações / Metro 1

Kommentare


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page