top of page

Julgamento de Daniel Alves por estupro começa nesta segunda-feira em tribunal na Espanha


O julgamento do jogador brasileiro Daniel Alves, acusado de estuprar uma mulher no banheiro de uma boate em dezembro de 2022, iniciou nesta segunda-feira (5) em um tribunal de Barcelona, na Espanha. A expectativa é de que o julgamento dure três dias e seja encerrado na quarta-feira (7).


Ao todo, 28 testemunhas serão ouvidas, incluindo amigas que acompanhavam a vítima na boate, funcionários do local, amigos do jogador e a esposa de Daniel à época. A sessão desta segunda-feira conta com os depoimentos de Daniel Alves e seis testemunhas. As outras 22 serão ouvidas na terça-feira (6). Já a última sessão, vai ser dedicada a trâmites periciais, que entregarão um relatório e conclusões.


O Ministério Público espanhol pediu, no final do mês de novembro, uma pena de nove anos de prisão para o jogador. A defesa da vítima solicita uma sentença maior, de 12 anos. A Corte que vai analisar o caso do jogador será presidida por uma mulher, Isabel Delgado Pérez, acompanhada de outros dois magistrados: Luis Belestá Segura e Pablo Díez Noval.


Daniel Alves está preso preventivamente desde janeiro de 2023. A Justiça espanhola negou em diversas ocasiões a liberdade provisória ao atleta, alegando, entre outros motivos, o risco de fuga.


Informações / Metro '

Comentários


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page