top of page

Iala, produtora rural e empresária colaborativa de Maracás recebe Prêmio Sebrae Mulher de Negócios


As vencedoras do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2022 foram anunciadas na noite desta quarta-feira (21), em cerimônia realizada na sede da instituição, em Salvador. Representando Maracás, Iala Queiroz foi premiada na categoria Microempreendedora Individual, com a Casa Girassol.


Desempenhando um trabalho de economia colaborativa e implantação de iniciativas agroflorestais, Iala Queiroz, empresária do município de Maracás no Sudoeste baiano, foi uma das finalistas da etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, que aconteceu nesta quarta-feira (21), na sede do Sebrae em Salvador.


A trajetória de Iala começou distante do mundo dos negócios, ainda na universidade, quando ela conheceu grupos que defendiam pautas socioambientais e logo depois grupos voltados à valorização da agricultura familiar. Foi quando, em 2016, ela deu início a um trabalho com as mulheres do campo. “Criamos a primeira edição da Feira da Agroecologia do município, um espaço alternativo de comercialização de produtos da agricultura familiar e agroecologia. A participação em diversas feiras despertou em mim a vontade de ter uma loja”, relembra a empresária.


Dessa vontade nasceu a Casa Girassol, um modelo de comércio alternativo, que atua com agricultores familiares e tem o foco na valorização dos produtos regionais, trabalho em rede e autonomia feminina. “A Casa Girassol nasce com essa missão: de ser uma empresa de impacto positivo na área do meio ambiente e comercializar produtos da agricultura familiar, produtos naturais. Além disso, temos um restaurante, em que trazemos a culinária regional para os nossos pratos. Nós costumamos dizer que os nossos pratos são feitos da sociobiodiversidade”, destaca a empresária.


Para além do trabalho realizado na Casa Girassol, Iala é produtora rural e realiza um trabalho de assistência técnica em propriedades rurais do município. “Eu tenho minha propriedade rural, onde a gente une agricultura com floresta, e nós implantamos os sistemas agroflorestais nas propriedades. Então, a gente produz, leva para essa loja, que é a Casa Girassol, vende e cria todo esse ciclo virtuoso”.


Durante todo o processo de elaboração do plano de negócios, o Sebrae foi parceiro da produtora rural e equipe. “Uma das principais consultorias que tive com o Sebrae foi da construção do conceito e prática da loja colaborativa. O Sebrae foi muito importante, porque todo nosso plano de negócios foi montado a partir dos materiais fornecidos pelo curso”, destacou Iala Queiroz.


O trabalho realizado rendeu a indicação ao Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. “O meu sentimento é de gratidão e reconhecimento e saber que as pessoas vão poder enxergar a casa girassol com um novo olhar, um olhar de orgulho. O prêmio vem reforçar nosso trabalho”, concluiu a empresária.


Para Josi Viana, gerente regional do Sebrae em Vitória da Conquista, o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, além de reconhecer histórias de superação no empreendedorismo, é um encorajamento a outras mulheres. “As histórias podem inspirar e estimular outras mulheres a perceber o empreendedorismo como oportunidade e não apenas como um caminho para atender uma necessidade momentânea. Essas mulheres tem um papel decisivo na economia e ações como esta reconhecem essa potência”, concluiu.


Informações / SEBRAE

Comments


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page