top of page

Ex-jogador deixa recado de ódio após resultado nas urnas: 'Passem o carro na cabeça'


O ex-jogador de futebol Fabricio Manini manifestou revolta com o resultado nas urnas neste domingo (2) que apontou a vitória de Lula (PT) na corrida presidencial com 48,43% dos votos contra o chefe do executivo Jair Bolsonaro (PL) que teve 43,20%. Natural do Mato Grosso, ele fez um discurso de ódio na rede social Instagram pedindo aos apoiadores do atual presidente que "passe o carro por cima da cabeça" de pessoas passando fome na rua.

"Depois do resultado do primeiro turno das eleições, espero que todos os eleitores de Bolsonaro assim como eu sou, quando encontrar alguém passando fome ou pedindo algum alimento, não ajude. Passe com o carro por cima da cabeça pro país não ter mais despesas com esses vermes!", escreveu.

Manini ainda continuou estereotipando os eleitores de Lula e do PT.

"Apoiadores do PT: Viado, traficante, bandido, puta, vagabundo, LGBT e por aí vai", finalizou.

Aos 41 anos, Fabrício Manini se aposentou em 2015 após defender o Botafogo-PB. O zagueiro acumulou passagens por Ceará, Fortaleza, Rioverdense-GO, Mogi Mirim-SP, Anapolina-GO, Estrela-RS, Unaí-MG, Gama, América-RN, Oeste-SP, Paracatu-MG e Guarany de Sobral-CE.

O segundo turno das eleições está programado para o próximo dia 30 de outubro, último domingo do mês.




Informações / Bahia Notícias

留言


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page