top of page

Estado vizinho da Bahia investiga primeiro caso suspeito de gripe aviária em humano do país


O Ministério da Saúde confirmou na noite desta quarta-feira (17) a investigação de um caso suspeito de gripe aviária (H5N1) em humano no país. Se confirmado, este será o primeiro. Segundo comunicado da pasta, o paciente é um homem de 61 anos, funcionário de um parque de Vitória, Espírito Santo, onde foi encontrada uma ave com resultado positivo para a doença. Ele apresenta sintomas gripais leves e, conforme protocolo de vigilância sanitária, está em isolamento e monitorado por equipes de saúde do município. "A amostra do paciente suspeito e de outras 32 pessoas que também trabalham no parque estão em análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) do Espírito Santo. Após a análise, as amostras também serão enviadas para a Fiocruz, que é o laboratório de referência para o estado", informou a nota. A pasta destaca que a transmissão da doença ocorre por meio de contato com aves doentes, vivas ou mortas. E, de acordo com o que foi observado no mundo, "o vírus não infecta humanos com facilidade e, quando isso ocorre, geralmente a transmissão de pessoa para pessoa não é sustentada". Na última segunda-feira (15), os dois primeiros casos positivos de aves contaminadas pela H5N1 foram confirmados no Espírito Santo. No entanto, eram duas aves marinhas, o que não traz problemas para a produção nas granjas, embora o país perca o status de jamais ter registrado um caso da doença. Após esses casos, o Ministério da Saúde reforçou as orientações para vigilância diante de possíveis casos suspeitos de influenza aviária em humanos.

Informações / Agência Brasil

Foto: Reprodução

Comentários


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page