top of page

“CACHORRADA”: Após apresentação de Madonna, pastor Isidório quer proibir simulação de sexo em shows


O deputado federal pastor Isidório (Avante-BA) apresentou, nessa quarta-feira (08/05), um projeto de lei que visa proibir a simulação ou encenação de atos sexuais explícitos em shows e eventos públicos no Brasil. A solicitação ocorre após a apresentação da cantora Madonna no Rio de Janeiro, no último sábado (04/05).


“Como proteger as nossas crianças da erotização aceitando o que aconteceu em espaço público, por dona Madonna, que chegou aqui no seu palanque e fez práticas de sexo, masturbação, práticas de sexo anal estimulado, todo tipo de ‘molequeira’, todo tipo de cachorrada foi feito para as câmeras”, disse Isidório, em discurso na Câmara dos Deputados.


Conforme o texto, a encenação de atos sexuais explícitos deve ser proibida, seja heterossexual, homossexual ou de qualquer modalidade de nudez, a exemplo “sexo oral, sexo anal, masturbação ou qualquer outro ato libidinoso em quaisquer espaços públicos ou acessíveis ao público, com a presença ou não de crianças e adolescentes, sejam estes espaços físicos ou ambientes virtuais de acesso público”.


Informações / Informe Baiano

Comentários


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page