top of page

Bahia: Jerônimo Rodrigues se torna o primeiro governador indígena da história


Jerônimo Rodrigues, do PT, se tornou o primeiro indígena eleito governador no país. A vitória sobre ACM Neto, do União Brasil, em disputa pelo governo da Bahia, foi oficializada nesse domingo, com cerca de 96% das urnas apuradas. No segundo turno, Jerônimo obteve quase 4,5 milhões de votos, 52,79% do total.


O novo governador eleito tem 57 anos e é indígena do município de Aiquara, pequena cidade localizada no sul da Bahia. Engenheiro agrônomo e professor da Universidade Estadual de Feira de Santana, Jerônimo entrou para a política em 2007, quando foi convidado para atuar como Assessor da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, e depois fez parte da Secretaria de Planejamento. Em Brasília, foi Secretário-Executivo do Ministério do Desenvolvimento Agrário, além de ocupar outros cargos. Nos últimos anos, voltou a atuar no executivo estadual.


Em 2014, primeiro ano em que o Tribunal Superior Eleitoral divulgou as candidaturas por raça e cor, foi registrado menos da metade das 186 candidaturas indígenas em todo o país nas eleições gerais deste ano. Esse número corresponde a 0,64% do total de candidaturas.


Segundo Soraia Dornelles, especialista em história indígena, a representatividade indígena não está associada apenas à autodeclaração, mas a outros fatores. De acordo com a professora da Universidade Federal do Maranhão, indígenas também se reconhecem pelas comunidades a que pertencem e são reconhecidos por essas comunidades.


De acordo com dados recentes do IBGE, quase 900 mil pessoas se autodeclaram indígenas no Brasil, ou cerca de 0,45% da população.


Informações / Agência Brasil

Comentarios


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page