top of page

Após beijo forçado, presidente da Federação Espanhola de Futebol é suspenso pela Fifa


A Federação Internacional de Futebol (Fifa), anunciou na manhã deste sábado (26) a suspensão provisória do presidente da Federação Espanhola de Futebol, Luís Rubiales. Ele está sendo questionado após ter beijado à força a jogadora espanhola Jenni Hermoso durante a cerimônia de premiação da Copa do Mundo Feminina, na Austrália.


O anúncio foi feito pelo presidente do Comitê Disciplinar da Fifa, o colombiano Jorge Ivan Palacio. A partir de agora Rubiales está proibido de participar de quaisquer eventos relacionados a futebol em âmbitos nacional e internacional. A suspensão tem uma duração inicial de 90 dias, contando a partir deste sábado (26). Ela será reavaliada conforme seguirem as investigações do caso abertas pela entidade na última quinta-feira (24).


O comunicado fala, ainda, em preservar os direitos fundamentais da atleta Jenni Hermoso e promete tomar medidas caso Rubiales ou terceiros próximos a ele tentem entrar em contato com a campeã mundial, ou com pessoas do seu meio. Na sexta-feira (25), Rubiales disse em um evento na Federação Espanhola de Futebol que não irá renunciar ao cargo de presidente, e afirmou, ainda, que o beijo que deu em Hermoso havia sido consensual. Hermoso, por sua vez, negou veementemente mais uma vez que tenha dado consentimento para o beijo.


Clubes, jogadores de futebol e o presidente da La Liga, Javier Tebas, já se manifestaram contra a permanência de Rubiales no cargo e o seu vice, Rafael Del Amo, se demitiu alegando estar desconfortável com a resistência do presidente.


Informações / Metro 1

Foto: Reprodução

Comments


vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page