top of page

Absurdo em Alagoas: mulher é suspeita de roubar cabelo de cadáver para fazer alongamento


Uma mulher é suspeita de cortar o cabelo da manicure Carolaine Correia dos Santos, de 26 anos, morta a tiros na última terça-feira (15) na cidade de Penedo (AL), enquanto o corpo era preparado para o velório.

A suspeita teria se identificado como irmã da vítima para ter acesso ao local onde estava o corpo, de acordo com o chefe de operação da Delegacia Regional de Penedo, Welber Cardoso.

"Quando o pai da vítima chegou na funerária, ele foi informado que a irmã da vítima estaria preparando o corpo para o funeral. Imediatamente, o pai retrucou e disse que a filha não tinha irmã. Quando chegaram a sala onde o corpo se encontrava, essa mulher não estava mais. Eles observaram o corpo e, para surpresa, a mulher tinha cortado o cabelo de Carolaine", afirmou Welber.

Familiares da vítima relataram à polícia que, após cometer o crime, a suspeita foi ao velório e confessou ter violado o corpo de Carolaine. Ainda de acordo com testemunhas, a mulher chegou ao velório com uma coroa de flores e os cabelos da manicure em mãos.

Com as informações levantadas, a Policia Civil determinou a abertura de inquérito policial para investigar o caso.

A polícia trabalha com duas motivações: de que a suspeita tinha como objetivo fazer um procedimento estético (alongamento capilar) com o material retirado da vítima ou que ela teria cortado o cabelo para a família guardar de recordação. Nesta semana, a investigação ouvirá outras testemunhas.

A mulher não foi presa mas, se condenada, pode responder pelo crime de vilipêndio a cadáver, que prevê detenção de 1 a 3 anos e multa.

Como o nome da suspeita não foi divulgado, a reportagem não conseguiu contato com a defesa da suspeita. O espaço permanece aberto para manifestação.


Informações / Bahia Notícias

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page