Pós-eleições, políticos somem, eleitores se tornam órfãos

21.11.2020

 

  Vivemos essa semana, “a volta ao normal”. Políticos retornam para seus quadrados, e a sociedade retorna ao Orfanato Brasil.

 

  Estamos mobilizados essa semana na causa do jovem Jean Santos, morador de Lajedo de Tabocal,  portador de uma doença, que não há tratamento pelo SUS, somente pela rede privada. A sociedade vem realizando vaquinha virtual(https://www.vakinha.com.br/vaquinha/todos-por-jean-joaneide-dos-santos-souza), rifas, doações, com intuito de arrecadar cerca de 400 mil para esse tratamento.

 

Consta na Constituição Federal:

 

"Art. 196. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação".

 

  A falta de assistência da saúde pública à Jean, é o reflexo do trabalho exercido pelos políticos que escolhemos para defender nossos direitos.

 

  Enquanto pessoas sofrem em leitos de hospitais, políticos e seus eleitores, comemoram suas conquistas com farras em plena Pandemia. Brasileiro inseriu em sua consciência o “agora”. O que lhe importa é o momento, o prazer individual. Não há uma preocupação com o coletivo.

 

  O Brasil precisa começar alimentar a consciência com Sabedoria.

 

  Pagamos por nossas escolhas. Reflita.

 

#todosporjean

 

Informações/Jornal da Cidade/Foto:Marco Jassbsem

 

 

 

Please reload

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago