top of page

Gilmar Mendes concede habeas corpus para nova prisão domiciliar de Queiroz


O Ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes concedeu, na noite de ontem (14), habeas corpus para que Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), siga em prisão domiciliar. Nesta semana, o ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça, havia determinado que Queiroz voltasse a regime fechado, mas decisão agora perde a validade. O argumento de Gilmar é de que os fatos narrados para determinar a detenção, de 2018 e 2019,​ não têm atualidade e por isso não a permanência do Queiroz em cárcere não tem justificativa.

Informações/Metro1

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png
bottom of page