Bolsonaro nomeia Carlos Alberto Decotelli como Ministro da Educação

25.06.2020

  O presidente Jair Bolsonaro nomeou Carlos Alberto Decotelli como novo Ministro da Educação. A informação foi anunciada nas redes sociais na tarde desta quinta-feira (25). Ele vai assumir a cadeira de Abraham Weintraub, demitido na semana passada e indicado pelo Planalto para uma diretoria no Banco Mundial.

 

"Informo a nomeação do Professor Carlos Alberto Decotelli da Silva para o cargo de Ministro da Educação", declarou. "Decotelli é bacaharel em Ciências Econômicas pela UERJ, Mestre pela FGV, Doutor pela Universidade de Rosário, Argentina e Pós-Doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha", completou.

 

  Decotelli da Silva presidiu o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) entre fevereiro e agosto do ano passado. Depois, passou para a Secretaria de Modalidades Especializadas do Ministério da Educação.

 

Precedentes

 

  Weintraub deixou o MEC no último dia 18 de junho, mas a exoneração só saiu dias depois, quando ele já estava nos Estados Unidos.  "Agradeço a todos de coração, em especial ao presidente Jair Bolsonaro. O melhor Presidente do Brasil! Liberdade!", escreveu o ex-ministro, nas redes sociais, na ocasião.

 

  Bolsonaro ensaiava a demissão de Weintraub há alguns dias. A situação dele ficou insustentável após a reunião ministerial do dia 22 de abril, quando sugeriu a prisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

  Ele era o principal representante da ala ideológica do governo. Aliados do núcleo duro tentaram demover o presidente da ideia de tirá-lo do cargo. Integrantes de outros poderes, principalmente do Supremo, exigiam a saída do ministro.

 

  Nos bastidores, circula a informação que Bolsonaro o indicou para uma das diretorias do Banco Mundial, cargo fora do país, para evitar uma eventual prisão do ex-colaborador do governo em território nacional.

 

Informações/BNews

 

Please reload