Médico da Fifa propõe cartão amarelo para quem cuspir no campo no retorno aos gramados


O retorno das ligas de futebol aos gramados será cercado de novos protocolos para garantir a saúde dos jogadores e de todos os outros envolvidos no esporte.

O presidente do Comitê Médico da Fifa, Michel D’Hooghe, pediu atenção maior entre os jogadores e punição para quem descumprir as recomendações, entre a sugestão dada pelo médico está a de cartão amarelo para que cuspir em campo.

”É uma prática comum no futebol e pouco higiênica. Por isso, quando o futebol voltar, penso que deveríamos evitá-la ao máximo. A questão é se isso será possível. Talvez com um cartão amarelo, não é higiênico e é uma boa maneira de espalhar o vírus. E essa é uma das razões pelas quais temos de ter muito cuidado antes de a bola voltar a rolar. Não sou pessimista, mas neste momento sou muito cético relativamente a isso”, disse D’Hooghe ao jornal inglês “Daily Telegraph”.

A Coreia do Sul será o primeiro país a retomar o esporte no dia 8 de maio. Os jogos acontecerão de portões fechados. Quem também anunciou o retorno das atividades foi a Federação Italiana, porém apenas com treinos, para o dia 18 de maio.

Na Holanda, o campeonato nacional foi cancelado faltando apenas 8 rodadas para acabar. Nenhum time será rebaixado e o que estava na frente da tabela também não será considerado campeão. Com informações do bahia.ba

Informações / BMF

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago