Estabelecimentos tentam lucrar com preços abusivos de álcool em gel e máscaras na Bahia


Desde o dia 6 de março de 2020, baianos vivem apreensivos com a chegada do novo coronavírus na Bahia. Atualmente, com 10 casos confirmados, a tensão e o desespero começam a fazer parte da vida da população que, muitas vezes, estocam em suas residências as principais medidas de proteção, como o álcool em gel e as máscaras hospitalares, por causa da progressividade dos casos positivos ao covid-19.

Para os estabelecimentos, que vendem esses dois produtos, parece ser a oportunidade “perfeita” para lucrar em cima do medo dos clientes, que têm realizado diversas denúncias ao BNews sobre os preços abusivos. “Aqui em Feira de Santana, as caixas das máscaras estão custando R$ 79”, disse uma leitora.

“Sim, me cobram R$ 195”, reclamou outra.

Informações / BNews

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png