Pré-candidato à Prefeitura de Jequié, Zé Cocá não quer perder o vínculo com a região


Pré-candidato a prefeito de Jequié, o deputado estadual Zé Cocá (PP) parece não querer perder o vínculo com a região, sobretudo com os municípios do Vale do Jiquiriçá, onde foi majoritário nas principais cidades do território quando disputou às eleições de 2018.

Ao participar da 1º assembleia de 2020 promovida na última sexta-feira (28/02) pelo Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá – Convale, Cocá afirmou, que estará focado no projeto político em Jequié, mas com a mente na região. ”Eu não quero ser prefeito de Jequié para não ver ela sendo a metrópole da região. O nosso projeto é de região e se eu for eleito prefeito irei trabalhar regionalmente. Teremos uma equipe boa para que coordene esse trabalho, porque a região tem perdido a sua identidade e precisamos fortalecer os territórios Médio Rio de Contas e Vale do Jiquiriçá para que possamos juntos buscar benefícios para os municípios”.

Informações que circulam nos bastidores da política dão conta de que Cocá busca o quanto antes a definição de um nome que possa lhe representar nos municípios em que foi votado durante o período eleitoral, quando estiver focado em Jequié e é claro, sem tempo hábil de visitar as bases.

O grupo do parlamentar cita dois nomes do PP, o de Patrick Lopes, prefeito de Jitaúna, e Giuliano Martinelli, prefeito que deixará o cargo em Jaguaquara em dezembro deste ano. Os coquistas analisam um plano B. Contudo, há quem diga que nenhum dos dois teria o trânsito livre que Cocá teve nos municípios da região, por ser nome leve, de fácil relação e com histórico de contas aprovadas quando prefeito de Lafaiete Coutinho.

Informações / BMF

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png