Gameleira diz que família sofria chantagem “se não pagasse vídeo seria divulgado”


O prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira convocou a imprensa para uma coletiva no gabinete da Prefeitura Municipal nesta quarta-feira (19), onde deu explicações sobre o polêmico vídeo divulgado na última segunda-feira, onde aponta uma suposta negociação de propina com dois homens não identificados, tendo um deles conversado com o prefeito no vídeo, segurando um saco contendo dinheiro.

Gameleira disse que o vídeo teria sido gravado entre os meses de março e abril de 2019 e que foi editado. “Não entendendo o motivo do porquê, só agora foi publicado”. Enfatizou que vem enfrentando diversas denuncias de opositores com o objetivo de tira-lo do comando da prefeitura, “até o momento não respondo a nenhum processo na justiça todos foram arquivados”.

O mandatário ainda lançou um desafio: ” se publicarem o vídeo na íntegra serei o primeiro a divulgar nas minhas redes sociais. Sérgio afirmou que nos últimos dias um dos seus irmãos vinha sendo chantageado por uma pessoa “anônima” dizendo que se não pagasse um valor divulgaria o conteúdo que prejudicaria a imagem da família”.

Informações / Marcos Cangussu

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago