Governo publica nova tabela do frete, com alta de até 15%


A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou, hoje (16), uma nova tabela com o preço mínimo para os fretes. O piso do frete aumentou de 11% a 15%, segundo informações da agência. A nova tabela entra em vigor na próxima segunda-feira, dia 20.

A tabela do frete foi criada após a greve dos caminhoneiros que bloqueou estradas e gerou uma crise de abastecimento no Brasil por mais de uma semana. A criação era uma das principais reivindicações da categoria, e foi atendida pelo governo do ex-presidente Michel Temer.

Entidades que representam o agronegócio e indústria são contra a tabela, que terá a constitucionalidade analisada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Entre as principais mudanças na tabela está a inclusão no cálculo do frete mínimo do custo da diária do caminhoneiro, como refeições e hospedagem, além da correção de valores de itens como pneu e manutenção.

Informações / Metro 1

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png