Jaguaquara: Conheçam o projeto Mulheres que Inspiram

16.01.2020

O padrão de beleza universal sempre foi branco e europeu, independente da época. Por isso crianças negras não se vêem representadas nos diversos âmbitos sociais, inclusive na televisão, que é uma fonte muito forte de referência. 

Para a alegria dessas crianças e quebrando paradigmas, nossa Miss Universo atual é negra, tem cabelo curto e é incrivelmente linda! Prova de uma resistência que sempre existiu diante de qualquer tipo de opressão. 

 

Viver em uma sociedade racista e não lutar contra isso, é ser conivente.

Uma forma de lutar contra o racismo estrutural é contribuir com o empoderamento das mulheres negras, estimulando sua autoestima através da valorização de sua beleza natural. 

 

O empoderamento pode começar com a aceitação do próprio cabelo. Seja ele cacheado ou crespo.

 

Durante muito tempo as mulheres acreditaram que o cabelo precisava ser "domado". Hoje sabemos que nosso cabelo é lindo do jeito que é, e que se a criança acredita nisso, ninguém será capaz de fazê-la pensar o contrário.

O Brasil é um país lindo e rico em diversidades. Precisamos parar que negar a herança africana tão presente em nossos traços.

 

O projeto Mulheres que Inspiram de Adriana Rubens e Mikhaell Bomfim conta com o apoio e a participação de meninas e mulheres da cidade de Jaguaquara-BA. Visa valorizar e divulgar a beleza natural através de fotos expostas nas redes sociais. Tem o intuito de levar inspiração para a vida de mulheres e crianças negras que não têm essa representatividade em outros âmbitos da sociedade.

 

Em suas redes sociais, Adriana e Mikhaell (@adriana_rubens e @mikhaell_xapolas) dão dicas de como manter os cabelos cacheados e crespos bonitos e bem cuidados.

 

Participe você também! Prestigie esse trabalho!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Informações / Jornal da Cidade - Via: Mikhaell Bomfim

 

Please reload