Fluminense de Feira desiste de contratar goleiro Bruno


O goleiro Bruno, ex-Flamengo, não vai mais ser contratado pelo Fluminense de Feira. A informação foi confirmada na tarde de hoje pelo presidente do clube, o deputado Pastor Tom (PSL), durante entrevista coletiva transmitida, ao vivo, em sua conta no Instagram. O atleta, condenado pelo assassinato da modelo Eliza Samúdio, está sem clube desde o final de outubro do ano passado quando rescindiu contrato com o Poços de Caldas, time da terceira divisão mineira, após atuar por 45 minutos. A possível contratação repercutiu bastante nas redes sociais. Mesmo com a repercussão, um dos principais motivos para não contratar Bruno, segundo Pastor Tom, foi financeiro. Ele alegou que poderia pagar três jogadores pelo mesmo valor do goleiro.

Informações / Metro 1

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png