Damares Alves quer acabar com visitas íntimas em presídios


A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse em entrevista que uma das metas de sua pasta é acabar com as visitas íntimas em presídios. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, a ministra afirmou que enfrentará o tema nos próximos anos.

”Não aceito visita íntima para meninos. Qual a idade da namorada que vai lá transar com ele? Vou enfrentar isso. Mamãe Damares vai mandar bola, livro, arroz e feijão. Camisinha e lubrificante, não”, apontou.

A ministra também revelou que pretende reformular as políticas de ressocialização de jovens infratores.

”Estamos construindo o maior pacto de proteção à criança no Brasil. Temos R$ 100 milhões da Petrobrás para ampliar e construir unidades socioeducativas. Preciso entregar 62 unidades no Brasil. Estamos com cinco mil meninos nas ruas. Nos próximos três anos, vamos priorizar as entregas das unidades. Mas não quero só construir. Queremos mudar a forma de atendimento. Eles têm ido às unidades e saído piores. Nós precisamos recuperar. Por exemplo, vou fazer algumas unidades em fazenda. Vamos ter unidades voltadas ao esporte de alto rendimento e trabalhar muito uma educação de qualidade” disse a ministra.

Informações / Marcos Frahm

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png