TCM rejeita contas e aplica multa a prefeito de Iramaia


O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (17/12), rejeitou as contas de 2018 do município de Iramaia, a causa da rejeição foi a admissão irregular de pessoal temporário, com gastos de R$2.715.142,78, representando 19,25% da despesa com pessoal, em descumprimento ao art. 37 da Constituição Federal. O conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, relator do parecer, multou o prefeito Antônio Carlos Bastos, “Tunga” em R$7 mil pelas irregularidades contidas no relatório técnico.

Informações / Marcos Cangussu

Foto: Marcos Frahm

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png