Grande incêndio entre Ibicoara e Iramaia se concentra em área de difícil acesso


O grande incêndio florestal que atinge região da Serra do Sincorá, entre os municípios de Ibicoara e Iramaia, na Chapada Diamantina, foi combatido durante toda a noite e madrugada de segunda (2) para terça (3), mas ainda é preocupante por ter se concentrado em área de difícil acesso e por estar próximo de nascentes de rios.

Ao menos 15 brigadistas atuaram no primeiro combate que deve ter o reforço de mais 25 voluntários. A esperança é que durante a noite chova, já que o dia foi nublado. Entretanto, o fogo é dado como controlado pelos combatentes, conforme atualização.

“Estivemos na região do Sincorá hoje [terça] e o fogo só está em cima da serra e não tem como brigadista subir para debelar as chamas. Na serra ao lado ainda tem muito fogo e pelo lado de Ibicoara não dá mais para ver as chamas, mas dá para avistar a fumaça por trás da serra. Eu acredito que vai chover, o céu está fechado e graças a Deus de noite deve chover, mas tem muito fogo ainda”, salienta o presidente da brigada ‘Os Guerreiros’, Edvaldo Miranda, em contato com o Jornal da Chapada.

A brigada ‘Os Guerreiros’ teve o apoio da prefeitura de Barra da Estiva para apoiar os combatentes de Ibicoara. “Os brigadistas saíram 19h de ontem [segunda] e combateram o fogo a noite toda. Eu fui pelo dia para fazer o rescaldo do local que foi combatido, mas a serra tem muito fogo, agora está descendo para as nascentes. É o que preocupa mais. É muito triste ver a serra queimar, mas aqui o local é bem alto, de difícil acesso. Não tem como a gente subir. Estamos retornando para Barra da Estiva, agora vai ter de esperar o fogo descer para ter um acesso melhor para combater ele. O fogo está em cima da serra, não tem como fazer mais nada”, completa Miranda.

De acordo com secretário de Meio Ambiente e Turismo de Ibicoara, Luiz Pimenta, o governo estadual já foi avisado sobre a proporção do fogo. “Já contactamos o governo estadual, os bombeiros militares já vieram e estamos aguardando dois Air Tractors no aeroporto de Mucugê, já com um carro-pipa para abastecer”. Pimenta ainda informa que os voluntários e bombeiros civis estão mobilizados no combate.

“Acabei de chegar do local do incêndio. Fui mostrar o caminho para um grupo de brigadistas do ICMBio [que gerencia o Parque Nacional da Chapada Diamantina]. Acabaram de entrar sete brigadistas do ICMBio e já tinham uns cinco bombeiros militares desde às 6h em combate. Ontem [segunda] foram 15 brigadistas voluntários de Ibicoara, que combateram a noite toda”.

O secretário confirma que ainda existem dois focos de incêndio na serra. “As pessoas que estão no combate neste momento estão tentando controlá-lo para não deixar descer até o vale. Já estamos também mobilizando mais ou menos uns 25 brigadistas voluntários de Ibicoara, que vão entrar em combate às 18h”, finaliza Luiz. Por volta das 20h20 desta terça, a brigada ‘Os Guerreiros’ confirmou que as chamas foram controladas, mas ainda tem as fases de rescaldo e monitoramento para que o incêndio seja considerado extinto.

Informações / Jornal da Chapada

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png