Identificado corpo de motorista vítima de acidente entre carretas na Serra do Mutum

01.12.2019

Foi identificado na manhã deste sábado (30/11) o corpo do motorista vítima de acidente ocorrido ontem na Serra do Mutum, trecho da BR-116, perímetro do município de Jaguaquara. Segundo a equipe do Instituto Médico Legal de Jequié, para onde o cadáver foi levado, trata-se de Rodrigo Antunes Mickman, de 25 anos, que era morador de Itaipulândia/PR.

 

O carreteiro era casado. Inclusive, a viúva, companheira de Rodrigo, chegou a Jequié neste sábado para agilizar a liberação do corpo. Rodrigo conduzia uma das três carretas que envolveram em uma colisão no KM 647 da rodovia, por volta das 13h30 desta sexta-feira.

 

Ainda não há informações sobre as causas da tragédia. Uma das carretas transportava um carregamento de sal. Sobre os ocupantes dos outros dois veículos, um condutor ficou gravemente ferido, socorrido ao Hospital Geral Prado Valadares- HGPV e outro sofreu lesões leves. O acidente provocou um grande congestionamento na BR-116, travando o trânsito, que só voltou a fluir normalmente no início da noite.

Mais uma tragédia registrada revela necessidade de duplicação do trecho

A duplicação da Serra do Mutum, local caracterizado como um dos mais perigosos da Rodovia Santos Dumont no Sudoeste baiano, é um anseio antigo da população de Jaguaquara, Jequié e de outros municípios da região.

 

A Concessionária Via Bahia, que administra a BR-116, diz estar nos planos da empresa à duplicação, mas não há previsão de quando serão iniciadas as obras. Os usuários cobram das autoridades políticas um debate amplo sobre o assunto e providências quanto à promessa ainda não cumprida pela concessionária.

 

Informações / Marcos Frahm

 

Please reload