Vítimas da queda de avião em Barra Grande não correm risco de morte, diz secretario de Saúde


O secretário de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, informou que os sete pacientes, que sobreviveram ao acidente de avião na região da praia de Barra Grande, em Maraú, no litoral sul da Bahia, não correm risco de vida. No entanto, ressaltou que ainda há vítimas em ventilação mecânica e devem manter o acompanhamento médico.

Ainda conforme o responsável pela pasta, cerca de quatro pacientes, que já estão realizando fisioterapia e que residem em São Paulo, devem ser transferidos ”nos próximos dias”.

Contudo, o secretário ressaltou que no caso de queimaduras de 3º grau, como o caso das vítimas do acidente, podem sofrer complicações tanto na fase inicial, quanto na fase tardia. ”Não necessariamente as pessoas estarem melhor agora quer dizer que elas não vão evoluir a complicações a médio prazo, por isso é importante uma equipe treinada e capacitada para lidar com essa situação”, disse.

*O material foi captado e disponibilizado pela Sesab enquanto o secretário concedia entrevista a TV Bahia

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png