Bahia: Manchas de óleo chegam em Arembepe

Manchas de óleo foram vistas na manhã desta quinta-feira (10) em Arembepe, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O fato foi relatado pela Marinha. Arembepe passa a ser o local mais ao sul do Nordeste desde que os resíduos passaram a ser registrados no país. Nesta quinta-feira (9), as manchas tinham chegado nas praias de Guarajuba e Itacimirim, também no Litoral Norte.

 

De acordo com a Marinha, amostras do material foram coletadas para análise no Instituto de Pesquisas do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM), em Arraial do Cabo, litoral do Rio de Janeiro.  A corporação informou que o 2° Distrito Naval usa aeronaves SH-16 no monitoramento de manchas. O trabalho é feito coordenado com os Navios Hidrográfico-Balizador , “Tenente Boanerges”, “Comandante Manhães” e o Navio-Varredo“Atalaia”.

 

A Marinha também disse que acompanha o tráfego marítimo de embarcações mercantes, com carga de óleo similares ao encontrado e monitora a área, em coordenação com órgãos ambientais e prefeituras da região. Desde a última quinta-feira (3), equipes do Projeto Tamar, que atuam na divisa da Bahia com Sergipe, suspenderam a liberação de tartarugas para o mar em precaução devido à manchas de óleo. Além de Camaçari, as manchas foram notadas inicialmente nos municípios baianos de Jandaíra, Conde, Esplanada e Mata de São João.

 

Informações / Bahia Notícias

 

Please reload