Planaltino: Presidente da Câmara está à disposição para disputar prefeitura

13.08.2019

O município de Planaltino tem histórico de resultado apertado nas disputas sucessórias. Nas últimas eleições, por exemplo, o atual prefeito, Zeca Braga (PSD), venceu Romi Lisboa com 50.72% votos válidos, contra 49.28% do adversário, ou seja, 78 votos de diferença.

 

Apostando nesse histórico de disputas emblemáticas que o presidente da Câmara Municipal, Sandro Silva (PSD), quer se tornar o divisor de águas das eleições de 2020, após ruptura política com o prefeito Zeca, de quem foi forte aliado até dezembro de 2018, quando deixou o cargo de secretário municipal para disputar à presidência da Casa Legislativa, contrariando as vontades do chefe do Executivo, que defendia outra candidatura à presidência, derrotada por Sandro com o apoio da bancada de oposição.

 

Em contato com o Blog Marcos Frahm, nesta segunda-feira (12/08), Sandro revelou que se movimenta para se filiar em outra legenda partidária, já que foi eleito pelo PSD do prefeito e diz que aguarda o período de transferência partidária para ingressar em outro partido e colocar o nome à disposição da oposição. ”Estamos trabalhando pela unidade da oposição, que hoje conta com três nomes, incluindo o meu, Romi do PDT e Lúcia do PCdoB, que é presidente do Sindicato e também faz parte dessa nova conjuntura política em Planaltino”, explicou.

 

O vereador afirmou que encabeçará a chapa oposicionista quem melhor pontuar nas pesquisas a partir do próximo ano. ”Quem aparecer melhor nas pesquisas estará representando o grupo. Por enquanto, a nossa atenção está voltada para as pautas importantes da Câmara, mas no momento oportuno iremos tratar com o grupo sobre todas as questões relacionadas as eleições”, completou o líder do Poder Legislativo.

 

Informações e Imagens / Marcos Frahm

 

Please reload