'A educação no Brasil não vai bem', afirma Bolsonaro

10.08.2019

Em celebração do Dia dos Pais na escola onde a sua filha estuda, o presidente Jair Bolsonaro reconheceu ontem (9) que a educação no país "não vai muito bem".

Ao discursar para os pais dos alunos, ele atribuiu os problemas na educação à ideologia nas salas de aula.

 

"A educação do Brasil, com as exceções de praxe, não vai muito bem. Em grande parte, devemos isso a uma ideologia que, ao longo de décadas, foi se aproximando das escolas. O que nós queremos é que os nossos filhos sejam bem instruídos. O trabalho é de tirar e afastar certas ideologias, como a ideologia de gênero, pessoas que estão preocupadas apenas em fazer com que, no futuro, tenhamos militância", disse o presidente.

 

O ataque à teoria de gênero, que estabelece que gênero e orientação sexual são construções sociais e não apenas determinações biológicas, é uma tônica da pauta de costumes no governo Bolsonaro.

 

Recentemente, o Itamaraty instrui aos diplomatas para que, em negociações em foros internacionais, reiterem “o entendimento do governo brasileiro de que a palavra gênero significa o sexo biológico: feminino ou masculino”.

 

Informações / Metro 1

 

Please reload