Dilma descarta candidatura e diz que está na hora de passar o bastão

31.07.2019

Sem mandato eletivo, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) observa de longe a conjuntura política do Brasil. Ela apoia, por exemplo, a decisão do PT de votar contra a reforma da Previdência no Congresso Nacional, acredita que a educação é o ponto de união entre diferentes setores da sociedade brasileira e vê o surgimento de novas lideranças da esquerda no país.

 

Sobre este último item, ela afirma que não voltará a se candidatar nas eleições de 2020 ou 2022. Sua última tentativa foi no pleito do ano passado, quando concorreu a uma vaga ao Senado por Minas Gerais. Com expectativa de ser eleita pelas pesquisas ao longo do processo, Dilma acabou ficando em quarto lugar e não ganhou uma cadeira no Congresso.

 

Informações / Bahia Notícias

 

Please reload