Ministério Público avalia pedir exame psicológico de Najila Trindade


Um exame psicológico da modelo Najila Trindade deve ser solicitado pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP). As informações são do site da revista Veja. O pedido pode ser feito quando a investigação for encaminhada à instituição pela Polícia Civil, o que deve acontecer na próxima segunda-feira, 1. A modelo acusa o atacante brasileiro Neymar de estupro e agressão durante encontro em Paris no mês de maio.

Segundo a promotora de Enfrentamento à Violência Doméstica, Flávia Merlini, que acompanha o caso, o procedimento é comum em casos de crimes sexuais. “Na verdade, sempre há esta possibilidade do exame psicológico em crimes sexuais. É algo muito comum neste tipo de crime para o Ministério Público pedir este tipo de prova. Nós vamos decidir se vamos pedir ou não”, afirmou.

A promotora disse ainda que o advogado de Najila, Cosme Araújo, se manifestou contra a possibilidade de avaliação psicológica da modelo. “O advogado da vítima já soltou uma nota na imprensa de que ele seria contra esse exame por sugerir que a vítima tem qualquer tipo de problema. Então, vamos avaliar, quando o inquérito policial chegar para nós, se haverá necessidade deste tipo de diligência ou não”, disse.

Informações / Metro 1

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago