Inquérito apura morte de estudante em atividade extraclasse em Feira


A morte de Allanderson Souza Santana, aluno de 10 anos da Escola Municipal Eurides Franco Lacerda, é investigada pela Polícia Civil. O menino morreu na última quinta-feira, 25, depois de um afogamento na piscina de um sítio, onde ele participava de uma atividade extraclasse com outros colegas.

A criança, na época, chegou a ser socorrida e levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu.

O delegado Roberto Leal, responsável pela 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Feira), informou que já foi instaurado um inquérito para apurar a morte do menino. Para isso, foi solicitado uma lista com os nomes dos servidores que participavam da atividade.

O delegado ainda informou que uma equipe de investigação já esteve no sítio onde aconteceu o afogamento. "Foi feito o levantamento no local. Haverá ainda uma reunião com a Secretaria Municipal de Educação para que o órgão possa fornecer os nomes dos professores e monitores que estavam no sítio", afirmou.

Ele ainda disse que "queremos saber como o passeio foi estruturado, se tinha pessoas responsáveis pelas crianças e se o uso da piscina era permitido.

A partir daí, vamos concluir o inquérito, verificando se houve negligência por parte de alguém e indiciar ou não os responsáveis pela morte da criança", informou o delegado.

Ainda de acordo com Leal, "os envolvidos podem ser indiciados por homicídio culposo, na modalidade negligência", caso se comprove a culpabilidade de algum envolvido.

Fonte: A Tarde

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png