Neilton e Rodrigo Carpegiani levam gancho de uma partida por confusão contra o Inter


A Quinta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol puniu o atacante Neilton, o auxiliar técnico Rodrigo Carpegiani e o diretor de futebol Jorge Machado, em uma audiência nesta sexta-feira, 19. Os três foram denunciados por infrações na partida contra o Internacional, válida pelo segundo turno do Brasileirão.

Na súmula, o árbitro Sávio Pereira Sampaio, relatou que expulsou Neilton por “proferir palavras de forma ofensiva, com dedo em riste e repetidamente”. Rodrigo Carpegiani foi expulso por ter dito palavras de baixo calão para o quarto árbitro e ter o empurrado pela costas. Jorge Machado também foi citado no documento por ter proferido as seguintes palavras: "Seu safado tem que ter coragem para apitar aqui, seu ladrão, já é a segunda vez que você nos prejudica, você é um ladrão".

O atacante e o auxiliar pegaram apenas um jogo de suspensão, que já foi cumprido na derrota para o Santos e estão livres para participarem do jogo contra o Corinthians. O diretor foi punido por 15 dias.

"Ficamos satisfeitos. Foi uma decisão justa, pautada principalmente em um juízo de razoabilidade. Não esperávamos nada diferente. Foi uma vitória importante. Agora é focar no campo e concentrar as nossas energias no futebol", afirmou o diretor jurídico do clube, Roberto Dantas.

O jogo

O Vitória perdeu a partida por 2 a 1, no Beira Rio (RS) pela 27ª rodada do Brasileirão. Apesar de ter saído na frente, o Leão foi prejudicado por pênalti mal marcado. O juiz marcou a penalidade por que viu a bola bater na mão do atacante Lucas Fernandes - que estava nitidamente fora da área - e acabou derrotado.

Fonte: STJD

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago