Previsão de chuva para Maracás, moradores esperam confiantes um alívio para os dias difíceis

15.10.2018

 

  Avenida Brasília - Maracás / Foto: Allan Lago

 

Segundo informações do site Clima Tempo, existem grandes possibilidades de chover nesta segunda-feira em Maracás. Sol e aumento de nuvens pela manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. 

 

A temperatura oscila entre a máxima de 29° e mínima de 18°, e  ventos podem chegar a 16km/h. É previsto 2mm de chuva para esta segunda, e esta probabilidade se estende aos próximos dois dias. 

 

Maracaenses estão esperançosos, acreditam que a chuva possa aliviar esse sofrimento que vem atingindo a todos.

 

A terça e a quarta-feira também apresentam temperaturas com máximas de 29° e mínimas de 19°, com 80% de chance de chover na cidade das flores e também nas cidades circunvizinhas.

 

Se a possibilidade se confirmar, a chuva será muito bem vinda para os maracaenses, que neste momento enfrentam dificuldades tanto na zona rural quanto na urbana com a falta d'água. 

 

Moradores estão se manifestando de diversas formas, e uma delas foi na Câmara de Vereadores na última quinta-feira (11).

 Durante a sessão, os vereadores presentes falaram sobre o problema da água no município e ficou sob responsabilidade dos mesmos convidar o Gerente Regional da EMBASA, para dar mais esclarecimentos à população na próxima quinta-feira (18) na Câmara Municipal. E também para falar quais ações estão sendo realizadas para resolver o problema da população. 

 

-''O Estado está vendendo um produto que não tem para vender.'' Disse um dos vereadores presentes  na última sessão se referindo a EMBASA, que é uma empresa do Estado da Bahia, tendo como responsável o Governo do Estado. 

 

Moradores reclamam da falta de abastecimento, reclamam das contas altas e também por pagarem sem consumir. Relatos do abastecimento de  água imprópria para consumo também foram expostos.

 

Lembrando que, caso alguém da comunidade queira fazer uso da tribuna da casa Legislativa na quinta-feira dia 18 durante a sessão, para falar sobre a situação da água e representar a comunidade, deve ir até a Câmara Municipal com o prazo de até 48h de antecedência pedir autorização, neste caso, se encerra nesta terça-feira (16)

 

 

 

 

 

 

 

Please reload