Pai é preso por espancar filha de 1 ano e grudar boca e olhos da criança com super cola

07.10.2018

Johnnie Lee Carter, de 29 anos, foi preso na última segunda-feira em um motel de El Paso, no Texas, Estados Unidos, acusado de ferimento em uma criança de apenas um ano, causando sérios danos corporais.

 

Carter enfrenta uma extradição para Odessa. Ele já havia cumprido pena por violência doméstica e foi condenado por violar uma ordem de proteção.


Segundo a polícia de Odessa, Carter já havia fugido quando sua esposa chamou policiais para dizer que ele engasgou a menina de 1 ano com uma mão e socou a cabeça e as costelas com a outra antes de colocar super-cola em seu rosto.

Em depoimento, a mãe disse à polícia que o marido sufocou e deu um soco na criança antes de aplicar o adesivo. Um bastão de cola super estava por perto.

Autoridades do hospital disseram que notaram vermelhidão no pescoço da criança, de acordo com a KOSA-TV. 

Registros online não listam um advogado representando Carter.

 

Fonte: P. Publicidade

 

Please reload

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago