Atlético quebra o tabu e vencendo o Real e conquista a Supercopa da Europa


Era o primeiro jogo oficial - e a primeira decisão - do Real Madrid após a era Cristiano Ronaldo. A missão merengue era provar que poderia continuar vencendo e conquistando títulos sem o craque português.

Mas do outro lado havia um valente Diego Costa. Brigador por natureza, o brasileiro naturalizado espanhol deixou toda a sua garra em campo. E também talento, claro. Fez dois gols, levando o jogo para a prorrogação, participou do quarto e foi determinante para encerrar um tabu.

Pela primeira vez o Atlético bateu o Real em uma final europeia. De quebra, acabou também com a sequência de 13 finais internacionais consecutivas no geral vencidas pelos merengues, que não perdiam uma desde 2000 e nesta quarta sofreram com erros individuais.

Após superar o rival por 4 a 2 em Tallinn, capital da Estônia, o Atlético de Madrid é o campeão da Supercopa da Europa.

Fonte: Globo Esporte

Farmácia Maracás.jpg
Publicidade
ORQ_1001288_Polo_EAD_Maracas_Banner_Blog