Escritor baiano apresenta o livro ‘Navegantes de Rua’ durante Bienal Internacional em São Paulo


O escritor baiano Luís Carneiro marca presença na 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo para apresentar seu novo romance ‘Navegantes de Rua’.

A história da narrativa é ambientada na cidade de Salvador e tendo como cenário as ruas e pontos turísticos como Porto da Barra, Farol da Barra, Praça Castro Alves, Ondina, Pelourinho, Mercado Modelo, Avenida Sete de Setembro, Carlos Gomes, Largo Dois de Júlio, Igrejas e Botecos. De acordo com informações, o livro foi publicado na Bahia em 2016 com lançamento na Saraiva do Salvador Shopping, pela Editora Egba.

Na Bienal em São Paulo, o romance está à venda na editora Coerência. ‘Navegantes de Rua’ é um romance de ficção que traz de volta ao povo brasileiro uma literatura com a temática das desigualdades sociais. Ainda segundo informações, a história e os personagens da publicação impressa se constroem na maior festa popular de rua do planeta, um Carnaval que cresce a cada ano, levando milhares de pessoas a se misturarem nas ruas da capital baiana.

“Nessa perspectiva, o livro traça um panorama narrativo que instiga o leitor a uma compreensão dos valores fundamentais do ser humano.

Trata-se de um romance popular que aborda de forma dialética as desigualdades sociais em seus múltiplos aspectos: social, político, econômico e filosófico, sobretudo o filosófico, já que parte do lugar-comum e convida a um questionamento crítico, recriando, por si, juízos de valor no campo da moral no que diz respeito ao menor abandonado no século XXI”, diz Luís Carneiro.

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago