Lei do Aborto é votada na Argentina


O Senado argentino decidirá entre esta quarta-feira (8) e quinta (9) o futuro do projeto de lei de despenalização do aborto até a 14ª semana

.

As perspectivas de que a legislação seja aprovada, porém, vêm diminuindo a cada dia. O placar atual é de 37 senadores contra, 32 a favor e apenas três indecisos, de um total de 72 parlamentares.

Não houve consenso em admitir mudanças no projeto que fariam com que alguns senadores votassem a favor, como a diminuição de 14 para 12 semanas como teto para a interrupção apenas pela decisão da mãe e a inclusão da objeção de consciência para instituições e médicos.

Fonte: Folha

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png