Batizado de Capoeira em Maracás promove união entre artes marciais e fortalece o esporte na comunida


O Clube Treze de Maio, clube tradicional da cidade, mais conhecido como Clube do Cuscuz, foi palco de um momento marcante para o esporte em Maracás.

Nesse domingo 08, pela manhã, o Grupo de Capoeira Atletas de Maracás, liderada pelo Contra Metre Nal Pires, realizou um Batizado de Capoeira. O evento contou com a participação de alunos do Contra Mestre Nal e alunos dos grupos de Capoeira, Topázio e ASCAM de Maracás.

O batizado é uma roda de capoeira solene e festiva, onde alunos novos recebem sua primeira corda e demais alunos podem passar para graduações superiores. Em algumas ocasiões, podem-se ver formados e professores recebendo graduações avançadas, momento considerado honroso para o capoeirista.

Participaram do evento, os pais, amigos e familiares dos alunos, e para enriquecer o Batizado, Mestre Nal Pires como é mais conhecido, convidou para fazer parte da solenidade pessoas que somam para o desenvolvimento do esporte, das artes marciais e da parte social do município de Maracás.

Fizeram-se presentes:

Mestre de Capoeira, Alimba

Diretor de Cultura Esporte e Lazer, Edmar Vieira – Maracás

Mestre de Capoeira, Marinheiro - Itamari

Prof° de Karatê, Vando - Maracás

Secretário de Cultura Nem de Tête – Irajuba

Prof° de Karatê, Ivanildo - Maracás

Prof° de Judô e Jiu-jitsu, Djalma Fernandes - Maracás

Prof° de Karatê, Luiz Calon

Vereador Zebú - Itamari

Mestre de Capoeira, Guima - Itamari

Mestre de Capoeira, Cacá - Maracás

Contra Mestre de Capoeira, Falcão Negro - Maracás

Prof° de Muay-Thai, Reinaldo - Maracás

Todos os convidados falaram a respeito da importância do esporte na sociedade nos dias atuais. Falaram do álcool entre os jovens, das drogas, e de outros meios que afastam os jovens do mundo esportivo.

Discorreram sobre a cultura da Capoeira... Levantaram questões importantes para o fortalecimento e união na área do esporte e as associações que atendem o município de Maracás. Um dos assuntos mais comentados por todos foi a falta de apoio no esporte, como é sabido por todos, no Brasil o esporte não tem muito incentivo. Quando tem, apenas algumas modalidades são beneficiadas. A maioria concordou que é preciso a união para vencer esse obstáculo que é a falta de apoio.

Todos os presentes acompanharam momentos marcantes e emocionantes durante o evento promovido pelo Grupo de Capoeira Atletas de Maracás.

Em um desses momentos o Mestre Nal Pires foi homenageado por seus alunos e mestres, foi também agraciado com um novo cordel. Branco e Azul.

O Diretor de Cultura de Maracás, Edmar Vieira, emocionado desabafou sobre a importância de projetos como esse onde os pais podem verdadeiramente confiar seus filhos, seguros da formação de bons cidadãos. ‘’ São lugares como esse que eu vou e sei que posso levar meus filhos comigo.’’

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago