O Grito. O Silêncio. O Diálogo... nas Redes Sociais


O Grito. O Silêncio. O Diálogo. Você já parou para pensar no significado de cada uma dessas palavras?

Já observou como andam as defesas dos argumentos nas Redes Sociais?

A verdade é que muitos gritam suas opiniões, impondo o poder, outros silenciam suas opiniões muitas vezes não se dando conta de que o objetivo de seu silêncio é a resolução de conflitos.

Mas será que gritando ou silenciando, avançaremos no que tange ao nosso compromisso cidadão perante a construção de uma Nação melhor para se viver? Se cairmos no extremo do grito, estaremos indo na contra mão de um dos princípios da Democracia - o respeito pelas diversidades.

Se cairmos no outro extremo, do silêncio, estaremos negligenciando o nosso direito e dever da participação. Então, qual seria o caminho possível, baseado na exposição autêntica e respeitosa de pensamentos, para se construir uma sociedade melhor?

O Diálogo, pois esse figura como o modo mais correto e adequado de respeitar e conciliar diferenças, contradições, vivências, pontos de vista. Dialogar implica ouvir o outro, manifestar argumentos, assim como ceder também. Através do Diálogo, todos temos a possibilidade e o espaço para nos expressar livremente, o Diálogo favorece a paz, a superação, a troca, sem que tenhamos a necessidade de “vencermos o outro, ou ficar por cima.”

O Diálogo favorece o convívio pacífico em um mesmo espaço, seja ele real ou virtual. Um outro aspecto muito importante, alcançado através do Diálogo é o consenso de ideias para se atingir objetivos e conquistas.

Quando gritamos ou silenciamos, deixamos brechas muito grandes para que nada seja feito, ou, se feito, geralmente é de maneira insatisfatória, já que, nossas atitudes esboçam a luta por um capricho – o de vencer o argumento do outro, não o de usufruir junto com o outro da conquista de uma causa, possível, na maioria das vezes através do consenso de ideias. Bom, mas e agora, o que fazer para que consigamos Dialogar nas Redes Sociais?

Podemos expressar as nossas opiniões tranquilamente, respeitando as opiniões dos outros, entendendo que argumentar não é trocar tiros em um campo de guerra, mas uma forma madura de apontar justificativas para nossos pontos de vista, mantendo uma relação respeitosa e saudável com pessoas que pensam parecido ou diferente de nós.

Ah!! Mas como fazer para que os outros também adotem posturas saudáveis no que se refere aos debates em nossas páginas sociais? Participemos de debates sempre de forma entusiasmada, demonstrando interesse em discutir informações, trocar ideias, sem no entanto ferir o direito de expressão daqueles que discordam de nossos argumentos.

Não percamos de vista que devemos utilizar nossa energia em debates e atividades que potencializam o nosso bem estar. Por fim lembremos sempre da máxima: “O Diálogo constrói pontes. O grito levanta muros, muitas vezes intransponíveis.” Dialoguemos mais!!!

Nide Teixeira

(Psicóloga)

Farmácia Maracás.jpg
Publicidade
ORQ_1001288_Polo_EAD_Maracas_Banner_Blog