Maracás: Ação conjunta das Polícias Civil e Militar resulta na prisão dos assassinos de um morador d




Ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar de Maracás na Bahia, resultou na prisão de Alexandro da Silva Rocha (Sandrão), Rodrigo Nascimento de Oliveira e Adriano Moreira Sardinha (Adrianihio), pelo assassinato de Jorge Barbosa (Jorjão Rastafári) na madrugada desta quinta-feira (01), na Avenida Joaquim José da Rocha, bairro Lagoa Comprida, na cidade de Maracás (leia aqui).

As Policias Civil e Militar, agiram rápido, e no mesmo dia conseguiram prender em flagrante por latrocínio (roubo seguido de morte), os três elementos responsáveis pela morte de Jorjão Rastafári a pauladas, depois de arrombarem a porta da casa que fica ao lado do bar que também pertencia a vítima, subtraindo dinheiro e litros de bebidas alcoólicas do bar.

Os criminosos taparam a boca da vítima com plásticos impedindo que ele gritasse por socorro no momento do crime, e por ultimo tentaram atear fogo no corpo, usando materiais plásticos que foram enrolados da cintura para baixo, colocando fogo que apagou logo em seguida.

Os três elementos presos por latrocínio são usuários de drogas. Um deles, “Adrianihio”, tem várias passagens por furtos e já esteve preso no presidio de Jequié. No decorrer do inquérito será individualizado a participação de cada um no crime.

Sandrão foi o primeiro a ser preso, na delegacia ele confessou a sua participação no crime e acabou entregando Rodrigo Nascimento de Oliveira e Adriano Moreira Sardinha (Adrianihio), também envolvidos no homicídio. Ely Morais

© 2020 Todos os Direitos Reservados

 Por Josi Machado e Allan Lago