Carteira de motorista digital vai ser implantada até fevereiro de 2018


O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou, nesta quarta-feira, uma resolução que muda o cronograma da Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e). O texto inicial da medida, de 25 de julho, afirmava que o documento digital seria implantado pelos Detrans ”a partir” de 1º de fevereiro de 2018. No entanto, a nova publicação exige a implantação ”até” essa data. Com a novidade, os Detrans podem começar a emitir nos próximos meses, sendo que em 1º de fevereiro todos os órgãos estaduais devem estar obrigatoriamente aptos a disponibilizar a carteira virtual para quem tiver interesse. A CNH-e será emitido por meio de aplicativo no celular com o mesmo valor jurídico da carteira impressa.

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png