Soja alcança melhores preços em mais de dois meses no Brasil; negócios têm mais ritmo


Apesar da falta da referência da Bolsa de Chicago nas negociações desta terça-feira (4), em função do feriado nos EUA, os preços da soja praticados no mercado brasileiro conseguiram registrar valorizações expressivas em algumas das principais praças de comercialização do interior do país.

Os ganhos, segundo um levantamento feito pelo Notícias Agrícolas, subiram de 0,79% - como aconteceu em Panambi/RS, com a referência em R$ 61,02 por saca - a até 5,47%, no Oeste da Bahia, com o valor chegando a R$ 61,17. Entre as demais praças, os indicativos oscilam de R$ 53,00 a até R$ 70,00 por saca, ligeiramente melhores do que os observados há algumas semanas.

Já nos portos, os preços se mantiveram estáveis sem o apoio da CBOT. No disponível, R$ 72,00 em Paranaguá e R$ 72,50 no terminal de Rio Grande, enquanto a safra nova tem R$ 73,80 e R$ 76,50 por saca, respectivamente.

Além dos patamares mais elevados no mercado internacional, as cotações da soja no Brasil continuam encontrando espaço também no câmbio. Nesta quinta, a moeda americana fechou com alta de 0,15% e valendo R$ 3,3102.


Fonte: Notícias Agrícola

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png