Polícia Federal investiga desvio de recursos do FUNDEB em Itiruçu e ouve ex-prestadores de serviços


A Polícia Federal (PF) continua atuando no combate dos crimes de desvios de recursos públicos e corrupção praticados em prefeituras da Bahia. A ação ocorre em mais de 26 municípios baianos, dentre estes está Itiruçu, como alvo empresa de Transporte, que prestou serviços à Educação Municipal na gestão de 2010/2011.


Durante o mês de Junho, Policiais Federais estiveram/continuam no município ouvindo prestadores de serviços da empresa M. Filho. Outras pessoas serão conduzidas a prestarem esclarecimentos na PF de Vitória da Conquista, segundo apurou o Itiruçu Online. Na operação serão ouvidos, além dos prestadores de serviços, ex-secretários, ex-prefeitos e donos de empresas citadas.

Desde 2014 a PF afirmava que irregularidades foram constatadas nos municípios de Fátima, Heliópolis, Ipecaetá, Aramari, Banzaê, Ribeira do Pombal, Sítio do Quinto, Água Fria, Novo Triunfo, Itiruçu, Ourolândia, Santa Brígida, Paripiranga, Itanagra, Quijingue, Sátiro Dias, Coração de Maria, Cícero Dantas, Lamarão e São Francisco do Conde.

As acusações são de fraudes com desvios de verba federal do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) ou verbas estaduais e municipais – as fraudes eram cometidas por meio da contratação de empresas de fachada para eventos; contratação de empresas para obras públicas, a exemplo da construção de escolas; além de haver desvio de dinheiro do Ministério da Saúde para compra de remédios, e verba municipal desviada também do transporte escolar, em cada município com sua peculiaridade de corrupção. fonte Itiruçu Online

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png