CEC participa hoje de encontro em Maracás para fortalecer políticas culturais no Vale do Jiquiriça

19.05.2017

 

Nesta sexta-feira, 19, conselheiros estaduais de Cultura estarão no município de Maracás para promover e participar de encontro de formação de gestores e agentes culturais. O objetivo é contribuir com a criação ou fortalecimento dos sistemas municipais de Cultura nos municípios que compõe o território de identidade do Vale do Jiquiriça.

Com o apoio da Prefeitura e da Diretoria de Cultura de Maracás, o evento faz parte do programa de reuniões itinerantes do Conselho Estadual de Cultura que busca ainda articular o CEC junto aos Conselhos Municipais de Cultura e entidades da sociedade civil dos territórios.

Temas como a descentralização das políticas culturais, Patrimônio Histórico Cultural, Plano e Fundo de Cultura, Lei Orgânica da Cultura, assim como Pró-Cultura e Lei Rouanet, também devem ser abordados e discutidos pelos conselheiros estaduais na ocasião.

Responsável pela abertura do evento, o presidente do CEC, Márcio Ângelo Ribeiro, assinala que a itinerância do Conselho é uma estratégia significativa no desenvolvimento das relações entre as políticas públicas municipais e estaduais de cultura.

Além do presidente também participam representando o CEC, o vice-presidente, Emílio Tapioca, os conselheiros Silvio Portugal, Kuka Matos e Pawlo Cidade e a conselheira Ana Vaneska. A programação será das 8h30 às 17h no Auditório Municipal de Maracás.

O dia de atividades culturais com o tema Mobilização territorial para criação dos Sistemas Municipais será encerrado à noite, também no auditório municipal. A nova edição do projeto Uma prosa sobre versos-Mais música e poesia na Cultura nossa de cada dia trará ao palco o poeta Alexandre Brito (Porto Alegre/RS), e a dupla Amadeu Alves e Fabrício Rios (Salvador/BA).

TERRITÓRIOS DE IDENTIDADE
Território de Identidade é conceituado como um espaço físico, geograficamente definido, geralmente contínuo, caracterizado por critérios multidimensionais, tais como: ambiente, economia, sociedade, cultura, política e instituições.

Além disso, se caracteriza por uma população com grupos sociais relativamente distintos, que se relacionam interna e externamente por meio de processos específicos, onde se pode distinguir um ou mais elementos que indicam identidade, coesão social, cultural e territorial. Na Bahia são 27 Territórios de Identidade reconhecidos.

O território de Identidade do Vale do Jiquiriçá é composto pelos municípios de: Amargosa - Brejões - Cravolândia - Elísio Medrado - Irajuba - Itaquara - Itiruçu - Jaguaquara - Jiquiriçá - Lafayette Coutinho - Laje - Lajedo do Tabocal - Maracás - Milagres - Mutuípe - Nova Itarana - Planaltino - Santa Inês - São Miguel das Matas – Ubaíra 

Please reload