Carne com papelão? Estas 5 coisas são feitas com cocô; confira


Após a polêmica envolvendo duas gigantes da alimentação no Brasil, a operação Carne Fraca, que ficou mais conhecida popularmente como “carne com papelão”, fomos pesquisar mais coisas que são no mínimo estranhas, feitas com matérias que não são apreciadas por nós.

E quer matéria mais desprezada pelos humanos do que as fezes? Diariamente, estes produtos são consumidos por milhares de pessoas em todo o mundo.

Com quase toda certeza do mundo, pelo menos um produto deste você tem em sua casa ou já consumiu em algum momento da sua vida

.

Você já consumiu uma destas 5 coisas que são feitas com cocô?

Produtos com óleo de argan: este óleo virou febre à anos atrás devido ao brilho e tratamento que oferece aos fios ressecados e sem vida. Campeão de vendas até os dias de hoje, muita gente não sabe como é fabricado. Este óleo é resultado da maceração das sementes da árvore Argania Spinosa, o diferencial é que as cabras as adoram. Para dar conta das cabras e das sementes, os fabricantes esperam os bichos comerem, defecarem, recolhem as fezes e prosseguem com o processo de fabricação.

Folhas de papel: nem todo papel é feito à partir da celulose. Em alguns lugares, eles usam como base, os excrementos dos elefantes. Isto se deve ao fato de que estes animais se alimentam de plantas e em grandes quantidades. O material é recolhido, fervido para fins de desinfecção e após isto, misturado com outras matérias vegetais. Após secarem em bandejas, são transformados em livros, cadernos, menus de restaurantes…

Jóias caras: as fezes de dinossauros que fossilizaram, são consideradas pedras preciosas e são usadas na fabricação de pulseiras, brincos, anéis e até relógios. E detalhe, não são nada baratos.

Café: o café especial e também de preço alto, Civeta, também conhecido como Kopi Luwak, é feito com os grãos de café retirados das fezes da Civeta, um animal encontrado nas ilhas da Indonésia. O processo digestivo do animal é que traz aos grãos de café um sabor especial. No Brasil, temos um café similar, onde os grãos são retirados das fezes do jacu. Apenas uma xícara do café Civeta, custa em média R$192,00 e seu sabor é descrito como uma mistura de chocolate com suco de uva.

Energia elétrica: um vaso sanitário chamado Loowatt, faz um processo de geração de energia bem estranho. Ele separa as fezes da urina, as guarda em um recipiente especial e um microrganismo vai consumindo-as. Gases são expelidos neste processo, este podendo ser usado como gás de cozinha, aquecedor e até energia elétrica.

A carne com papelão ainda é o mais asqueroso, não?

vertical (1).png
Publicidade
vertical.png